Comprar Maconha em Amsterdam, tudo sobre coffeeshops

Comprar_maconha_coffee_shop_amsterdam_turistas2

Desde a década de 70 Amsterdam, e outras 104 cidades holandesas
possuem os chamados coffee shops. E pra alegria geral, eles vendem bem
mais que café por lá. Lá tá liberado vender maconha, comprar maconha, fumar maconha, comer maconha… uuufa… ah, além de tudo isso pra hashish também!

Isso começou com o objetivo de desvincular o uso de drogas leves e pesadas, tirar a
cannabis das mãos de traficantes que sempre buscavam levar os usuários
para heroína e outras drogas mais hardcore, além é claro de controlar
o acesso a menores de 18 anos e garantir um dinheirinho extra ao
Estado, através dos impostos vinculados. Assim então, estes estabelecimentos foram
criados pela galera da laranja mecânica e por lá rolou a sonhada legalização da maconha.

Só que o negócio não é várzea não, entre uma extensa regulamentação, vou citar apenas algumas regras importantes que os coffee shops precisam respeitar:

  • não vender mais que 5 gramas por cliente
  • não vender bebidas alcoólicas
  • não vender drogas pesadas
  • não fazer propagandas
  • não receber menores de 18 anos

E essa lista cresceu em 2012, quando uma nova restrição entrou em vigor.
Apenas cidadãos residentes em Amsterdam poderiam comprar maconha nos
coffee shops, ou seja, a farra tinha acabado para os turistas.
Felizmente para o resto dos 7 bilhões de habitantes desse pequeno
planeta, não residentes em Amsterdam, em janeiro de 2013 essa lei caiu
e o acesso e compra de maconha, skunks do bom e hashs nervosos voltou
a ser permitido a todos.
Comprar_maconha_coffee_shop_amsterdam_turistas1

Então meu amigo, comece a fazer o seu pé de meia aí, junte uns bons euros, torça
para nossa moeda não ir de vez pro buraco e compre uma passagem para
essa cidade incrível. E já se prepare para dar um rolé de bike locão pelas ruelinhas da
cidade e pirar muito, muito mesmo, nas obras do museu Van Gogh.

4 Responses to “Comprar Maconha em Amsterdam, tudo sobre coffeeshops

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *